200 anosigrejanossa senhora de belém

fé /// história /// devoção
»» home

As construções das igrejas de Nossa Senhora de Belém

De um pequeno Oratório, no século XIX, até a nova catedral, ainda inacabada.

25/10/2018

O prédio histórico da Catedral nossa Senhora de Belém, no Centro de Guarapuava, é o mais antigo da cidade. A igreja começou a ser construída na década de 1840. A parte que ainda resiste da construção foi modificada algumas vezes e sofreu abalos que mudaram sua forma nos quase 180 anos em que está em pé. Antes desse, porém, outros locais abrigaram a Igreja de Nossa Senhora de Belém, nos Campos de Guarapuava.

A fachada e a parte da frente do prédio histórico da Catedral (da porta até o arco) são dessa época, década de 1840. O local onde atualmente estão o Altar Mor e o consistório foram erguidos depois, já no século 20. A primeira obra que abrigou uma igreja nos Campos de Guarapuava, no entanto, foi erguida em Atalaia – povoado criado com a chegada da Real Expedição, em 1810, nas proximidades de onde hoje se encontra o distrito da Palmeirinha. Não há registros de imagem (pinturas) nem mesmo relatos detalhados sobre àquela construção. Quando foi fundada a freguesia de Nossa Senhora de Belém, em 1818, as missas e celebrações eram realizadas ainda em Atalaia, na pequena capelinha.

A segunda obra foi realizada já no local onde está instalada atualmente a Catedral. “Eles tinham uma capelinha em Atalaia, mas como Igreja a primeira vai ser aqui [local atual], Padre Chagas vem em 9 de dezembro de 1819 e constroem um Oratório e depois vão tentando construir uma Igreja”, explica a memorialista Zilma Haick Dalla Vechia. Esse primeiro Oratório não tem registros em imagem e ruiu completamente.

Leia também:

Voltar ao início



Comentários