ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

PARANÁ: Riscos de incêndios aumentam neste período do ano, mesmo nas cidades

Com a vegetação seca por causa das geadas, qualquer faísca pode iniciar um incêndio de grandes proporções. Evitar queimadas é um dever de todos, conforme destacam as autoridades.

21/07/2021

Clique AQUI para ouvir:

Nos primeiros quatro meses de 2021, o Corpo de Bombeiros do Paraná registrou 2.760 casos de incêndios em vegetação nativa ou plantação, 1.181 a menos do que no primeiro quadrimestre de 2020 (3.941), uma queda de 30%. O indicador é importante porque foi alcançado mesmo sob estiagem, que já impacta o Estado há alguns meses. A explicação passa pela conscientização coletiva, orientação constante das forças de segurança e redução das queimadas induzidas pela ação humana.

No entanto, neste período do ano, por causa das geadas, com a vegetação seca e dos fortes ventos, os riscos de queimadas aumentam, mesmo na área urbana.

Em Guarapuava, o Corpo de Bombeiros atende a pelo menos uma ocorrência de incêndio por dia.

Segundo a corporação, somente a atitude e os cuidados da população podem mudar esta situação.

O repórter da Rádio Cultura de Guarapuava, Cléber Moletta, preparou uma reportagem especial sobre o assunto que pode ser ouvida clicando AQUI:

Foto: © SESP-PR

Galeria de Fotos

Comentários