ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Jubileu de Ouro: Muita coisa mudou

Do ruído tradicional da amplitude modulada, ao som límpido e cristalino do FM.

06/01/2021

“Eu não tenho mais a cara que eu tinha. No espelho, essa cara não é minha” cantam os Titãs na música “Não vou me adaptar”. Se olharmos hoje o que era e a transformação ocorrida no meio rádio nesses 50 anos, principalmente no aspecto tecnológico, não vamos nos reconhecer. Do vinil e da fita, ao áudio digital. Do ruído tradicional da amplitude modulada, ao som límpido e cristalino do FM. Dos transmissores imensos, do tamanho de um guarda-roupas, aos pequeninos transmissores transistorizados. Dos estúdios repletos de equipamentos com a técnica separada para o operador de som, onde com toda a sua habilidade operava os gravadores de rolo, gravadores K7, cartucheiras, toca-discos, aos estúdios “clean” com computador, mesa de áudio e microfone. Nós nos adaptamos!
 

ARTIGO Nos adaptamos

UM POUCO DA HISTÓRIA - Rádio Cultura completa cinquenta anos "no ar" em 18 de janeiro

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar