ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Grande parte das empresas brasileiras está alheia à LGPD

Multas podem chegar a R$ 50 milhões por infração para as instituições que não fizerem o tratamento adequado dos dados pessoais de clientes e colaboradores.

05/02/2020

O Brasil tem aproximadamente 4,5 milhões de empresas em operação, de acordo com os dados do IBGE. A grande maioria, no entanto, está alheia à grande novidade que irá impactar o cotidiano de todo meio corporativo: a entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), dentro de pouco mais de seis meses – 20 de agosto deste ano. Uma pesquisa da Serasa Experian divulgada no segundo semestre de 2019 mostrou que 85% das empresas ainda não estão prontas para atender às exigências da nova legislação.

O consultor de tecnologia Mario Toews, sócio e instrutor certificado da Datalege Consultoria Empresarial – empresa que faz a implantação da LGPD em empresas e instituições em todo o Brasil –, fala que apesar de a pesquisa ter sido feita há quase um ano, os dados seguem atuais. Segundo ele, é possível observar duas realidades bastante distintas no segmento empresarial brasileiro: grandes corporações, em geral com sede ou estrutura fora do Brasil, que estão correndo para se adequar à legislação por temerem as multas e o impacto comercial; empresas menores, de pequeno e médio porte, algumas sequer estão sabendo da lei e outras estão contando com a sorte e apostando que a lei não vai vingar.

(Ouça a entrevista, clicando no player).

No Brasil, a LGPD prevê multas que podem variar de 2% do faturamento bruto a até R$ 50 milhões por infração. 

Galeria de Fotos

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar