ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Governo volta atrás sobre reajuste da tarifa de água

O aumento seria aplicado de forma proporcional durante o mês de novembro

27/08/2020

Após anunciar para novembro reajuste de 9,62%, o Estado voltou atrás e anunciou que vai pedir a suspensão do reajuste da tarifa de água e esgoto.

A previsão do aumento, segundo a Sanepar, era de que ele fosse aplicado de forma proporcional durante o mês de novembro e, conforme o anúncio, teria impacto integral a partir de dezembro.

Em nota, o governo anunciou que a Procuradoria-Geral do Estado deve fazer o requerimento à Agepar. Segundo a nota, o pedido tem o argumento de que o reajuste "compromete ainda mais o orçamento doméstico de grande parte da população, que já convive com a queda de renda em razão dos efeitos adversos da pandemia do novo coronavírus sobre o mercado de trabalho e também por causa da calamidade hídrica".

A notícia do reajuste também repercutiu mal no meio político, até mesmo na base do governador Ratinho Junior. E isso pesou na decisão de pedir a suspensão. 

 

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar