ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Luiz Gonzaga revive "A moda da mula preta"

Em disco com gravação inédita de show feito em festival de 1971

17/11/2021

Com capa criada por Bady Cartier a partir de foto de Luiz Gonzaga (1912 – 1989) extraída do Arquivo Nacional, o álbum Baião dos hippies chega ao mercado fonográfico primeiramente em CD – previsto para ser lançado ainda nesta segunda quinzena de novembro de 2021 – antes de desembarcar nos aplicativos de música em 13 de dezembro, dia do 109º aniversário do cantor, compositor e sanfoneiro pernambucano.

Editado pelo selo Discobertas, o álbum Baião dos hippies reproduz oito números e três falas de Luiz Gonzaga na apresentação feita pelo artista há 50 anos no Festival de Verão de Guarapari, evento de aura hippie, realizado de 11 a 14 de fevereiro de 1971 na praia Três Marias, no litoral da cidade capixaba de Guarapari (ES).

O repertório do disco Baião dos hippies inclui sucesso do universo sertanejo, A moda da mula preta (Raul Torres, 1945) entre standards da basilar obra autoral de Luiz Gonzaga como Asa branca (Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira, 1947), A volta da asa branca (Luiz Gonzaga e Zé Dantas, 1950), Assum preto (Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira, 1950) e O xote das meninas (Luiz Gonzaga e Zé Dantas, 1953).

A inclusão da moda da viola no roteiro do show fazia sentido. Embora tenha sido lançada pela dupla sertaneja Raul Torres & Florêncio em 1945, A moda da mula preta fez sucesso nacional na voz de Luiz Gonzaga ao ser gravada pelo Rei do baião em 1948.

Na época, a gravação da moda de viola por Gonzaga chegou a suplantar em vendas os originais registros fonográficos dos hits nordestinos do compositor tamanha a popularidade do tema recolhido pelo compositor paulista Raul Torres (1906 – 1970) no folclore mineiro.

 

Fonte g1

Comentários