ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Revista inglesa elege álbum de Rodrigo Amarante o melhor disco de world music de 2021

Lista da Mojo também destacou trabalhos de Lana Del Rey, St. Vincent e Nick Cave em sua tradicional lista de destaques do ano

17/11/2021

Apesar de ainda estarmos em meados de novembro, duas das mais importantes publicações musicais do planeta, as revistas britânicas Mojo e Uncut, já divulgaram as suas listas com os melhores do ano. A Mojo além de fazer um top 75, também tem listas com destaques em gêneros específicos e a surpresa foi ver "Drama", o segundo trabalho solo de Rodrigo Amarante, o guitarrista dos Los Hermanos, encabeçando o ranking dedicado à world music.

O trabalho já havia sido bem recebido por lá quando saiu - na Uncut ele não entrou na lista de fim de ano, mas foi escolhido o "disco do mês", em sua edição de agosto (que chegou às bandas em junho).

No ranking geral, a Mojo elegeu "Promises", o disco que o Floating Points, o DJ e produtor Sam Shepherd, gravou com o lendário jazzista Pharoah Sanders e a Orquestra Sinfônica de Londres como o melhor do ano - na Uncut ele ficou no segundo lugar, atrás de "Ignorance" de The Weather Station, nome que a também atriz Tamara Linderman usa em sua carreira musical (na lista da Mojo ele aparece em 12° lugar).
Os outros discos mais bem posicionados para a Mojo foram "Daddy's Home" de St. Vincent (23° na da Uncut), "Chemtrails Over The Country Club", de Lana Del Rey (11° na Uncut), "HEY WHAT" do Low (mesma posição na Uncut ) e "Carnage", que Nick Cave gravou com seu atual parceiro mais fiel Warren Ellis (terceiro na Uncut).

O quinto disco na opinião dos críticos da Uncut foi "Nine", do misterioso projeto de R&B britânico SAULT, que ficou em 24° no ranking da Mojo.

 


Fonte vagalume
 

Comentários