ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

40 anos depois, ABBA lança "Voyage"

Sem tentar soar moderno, grupo voltou fazendo o pop que o consagrou nos anos 70

05/11/2021

40 anos depois de ter lançado seu último álbum, "The Visitors" saiu em novembro de 1981, o ABBA lançou o aguardado "Voyage", simultaneamente, um disco de retorno e despedida, já que Benny e Björn, a dupla masculina do grupo que está fazendo toda a divulgação, disse que eles não pretendem lançar mais nada depois desse trabalho.

Com dez faixas e 37 minutos, curiosamente, dois pontos em comum entre este e "Visitors", o disco tem tudo para agradar os fãs que os suecos conquistaram desde meados dos anos 70, até porque eles não tentaram reinventar a roda ou modernizar o seu som para o atual mercado pop. Claro que isso só seria totalmente possível se Agnetha e Anni-Frid, ou Princesa Anni-Frid, conseguissem dar conta desse material. E elas conseguiram.

Há baladas, faixas mais radiofônicas e canções mais melancólicas e/ou dramáticas - eles só não tentaram emular a sua faceta mais dançante que rendeu sucessos de pista como "Dancing Queen" ou "Gimme, Gimme, Gimme (A Man After Midnight)". Uma ausência que não deixa de surpreender, já que é uma sonoridade que anda bastante em voga, vide o sucesso de Dua Lipa, de quem Benny e Björn se declararam fãs.
Ente os destaques estão as já conhecidas "Don't Shut Me Down" e "Just a Notion" (essa com gênese ainda nos anos 70 mas só agora finalizada) e "No Doubt About It", daquelas que, muito certamente, teriam sido um grande sucesso caso lançada na década 70.

"Keep An Eye On Dan", é a que mais remete à fase final do grupo, e termina com um divertido aceno ao passado, com os acordes iniciais de "Sos". Essa não é a única vez em "Voyage" que um clássico do grupo é lembrado, tome por exemplo as flautas andinas ouvidas em "Bumblebee", que remetem a "Fernando".

Finda a espera pelo álbum, a contagem regressiva agora é pela estreia dos concertos com os "ABBAtares" do grupo que estreia ano que vem em Londres, em maio.

 


Fonte vagalume
 

Comentários