ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

CORONAVÍRUS: Trabalho de campo para investigação de casos da variante delta começa nesta segunda-feira

As equipes do Ministério da Saúde estão atuando em duas frentes, uma em Francisco Beltrão, e outra, que está baseada em Londrina, e que investiga os casos confirmados em Apucarana, Mandaguari e Rolândia.

13/07/2021

Clique AQUI para ouvir:

Equipes do Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do Sistema Único de Saúde, do Ministério da Saúde, deram sequência ontem, domingo, 11 de julho com o trabalho de coleta de dados e informações para a investigação sobre a circulação da variante Delta no Paraná. Nesta segunda-feira, 12, teve início o trabalho de campo.

No Paraná, dos sete casos confirmados da variante, três foram a óbito e quatro continuam em monitoramento clínico.

Já foram promovidas reuniões com o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, e com as equipes estaduais e municipais de Vigilância para detalhamento da situação de cada um dos sete casos, além do levantamento das características de cada cidade: Apucarana, Rolândia, Mandaguari e Francisco Beltrão.

“O Paraná está atento aos casos com todas as variantes de atenção e por isso, o convite ao MS para que nos apoiasse na investigação. O EpiSUS integra o centro global de investigações, o Field Epidemiology Trainning Program (FETP-Brasil), que é um programa mundial especializado em epidemiologia de campo e outras competências de saúde pública, com atuações recentes envolvendo respostas rápidas de situações ligadas à pandemia da COVID-19”, explicou Beto Preto.

“Com esse trabalho, vamos reforçar os dados epidemiológicos para fortalecer as tomadas de decisões”, completou

INVESTIGAÇÃO

As equipes do MS estão atuando em duas frentes, uma em Francisco Beltrão, que investiga o caso da variante delta ocorrido no âmbito do município, e outra que está baseada em Londrina, e que investiga os casos confirmados em Apucarana, Mandaguari e Rolândia.

AEN

Foto: © Geraldo Bubniak/AEN

Comentários