ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

PARANÁ: Governador participa da inauguração da Tirol, maior investimento da história de Ipiranga

Ratinho Junior lembrou que o Paraná é a segunda unidade da federação que mais produz leite no Brasil. São, em média, 4,4 bilhões de litros por ano, inferior apenas a Minas Gerais, com 8,9 bilhões de litros/ano.

08/07/2021

Clique AQUI para ouvir:

O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou ontem, quarta-feira, 7 de julho, da inauguração oficial da primeira unidade industrial da Lacticínios Tirol no Paraná, em Ipiranga, nos Campos Gerais – os testes assépticos, que antecedem a produção comercial, foram iniciados em abril na nova planta. O complexo de 33,1 mil metros quadrados de área construída vai gerar 160 empregos diretos neste primeiro momento, além de outras centenas de vagas indiretas. O investimento por parte da empresa foi de R$ 152 milhões.

A capacidade inicial de produção da unidade, com foco de leite longa vida (UHT), será de 600 mil litros por dia, com potencial de expansão para até 1,2 milhão de litros. “Com a Tirol, o Paraná passa a abrigar mais uma grande empresa do País. Uma conquista importante para a geração de emprego e renda na região dos Campos Gerais, sem contar o fortalecimento da nossa bacia leiteira. A empresa nos ajuda também ao funcionar como uma espécie de cartão de visitas, atraindo mais investimentos para o Paraná. E, por consequência, mais emprego, renda e desenvolvimento em todo o Estado”, afirmou o governador.

Ratinho Junior lembrou que o Paraná é a segunda unidade da federação que mais produz leite no Brasil. São, em média, 4,4 bilhões de litros por ano, inferior apenas a Minas Gerais, com 8,9 bilhões de litros/ano, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE/2018). Em dez anos, destacou ele, a produção paranaense cresceu cerca 55% – em 2008 era de 2,8 bilhões de litros.

Os Campos Gerais respondem por cerca de 646 milhões de litros deste montante. É superado apenas pela Região Sudoeste, a maior bacia leiteira do Paraná, com um bilhão de litros por ano. “Trabalhamos agora para industrializar essa produção. Fazer exatamente o que a Tirol faz: transformar em leite longa vida, leite condensado, achocolatado. É isso que agrega valor e tem condições de gerar milhares de empregos no Paraná”, ressaltou Ratinho Junior.

Panorama de crescimento da produção de leite que deve se repetir em 2021. Entre janeiro e março, segundo a Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, foram adquiridos 879,2 mil litros de leite cru, dos quais 879 mil litros acabaram industrializados. O volume foi 3,8% superior no comparativo com o primeiro trimestre de 2020 – produção de 315,7 mil litros em janeiro, 278,9 mil litros em fevereiro e 284,6 mil litros em março.

“O Paraná tem as maiores produtividades do Brasil, por isso conseguimos chegar a 4,4 bilhões de litros de leite. Não só passamos o Rio Grande do Sul, voltando a ocupar a segunda posição no ranking nacional, como também ajudamos a consolidar o Sul do Brasil como a Meca do leite. E a Tirol vem para ajudar a impulsionar ainda mais essa produção, agregando valor à produção paranaense”, afirmou o secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara.

RENDA

Considerado o maior investimento industrial já realizado no município, a fábrica da Tirol de Ipiranga vai contribuir com a geração de renda na cidade. Além dos 160 empregos diretos, haverá a ativação de uma cadeia econômica na região com 150 fornecedores diretos, exclusivos para o abastecimento da unidade.

“A instalação de uma empresa do porte da Tirol em Ipiranga é resultado de um trabalho de parceria, que contou muito com a colaboração do Governo do Estado. Para nós que moramos na cidade é motivo de grande orgulho e satisfação. Temos de agradecer pelos empregos que serão gerados”, disse o prefeito Douglas Cruz.

TIROL

Fundada em 1974, a Tirol possui três unidades em Santa Catarina (Treze Tílias, Pinhalzinho e Chapecó), com captação diária de 2,5 milhões de litros de leite por dia. Tem um mix de mais 150 produtos, distribuídos entre leites, achocolatados, iogurtes, bebidas lácteas, requeijões, manteigas, queijos, cremes de leite, doces de leite e leites condensados. São mais de 1.800 colaboradores

“Já éramos um pouco paranaenses mesmo antes da instalação da fábrica. Criamos raízes devido aos muitos clientes, fornecedores e consumidores que temos no Estado. Viemos para ficar. Tenho certeza de que este é o primeiro, mas não será o último investimento da Tirol no Paraná”, disse o diretor executivo industrial do lacticínio, Carlos Dresch.

AEN

Foto: © Jonathan Campos/AEN

Comentários