ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Deputado estadual é condenado por falso testemunho em atropelamento de adolescente

Na ocasião, Gilberto Ribeiro alegou que não estava dirigindo o veículo, mas sim um assessor, que ao tentar desviar de um buraco, bateu no adolescente que estava com roupa escura em um local pouco iluminado.

07/07/2021

Clique AQUI para ouvir:

O deputado estadual Gilberto Ribeiro (PP) foi condenado a três anos e seis meses de prisão pelo crime de falso testemunho no caso do atropelamento de um adolescente de 14 anos, em março de 2011, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba.

A decisão, desta terça-feira, 6 de julho, é do juiz Sérgio Bernardinetti, da Vara Criminal do Foro Regional de Piraquara.

Na ocasião, Gilberto Ribeiro alegou que não estava dirigindo o veículo, mas sim um assessor, que ao tentar desviar de um buraco, bateu no adolescente que estava com roupa escura em um local pouco iluminado.

O deputado alegou ainda, na época, que deixou o local porque foi reconhecido por algumas pessoas, mas que antes disso acionou o socorro médico.

Contudo, o juiz substituiu a prisão de Gilberto Ribeiro por duas penas restritivas: a prestação de serviços à comunidade com duração de uma hora de tarefa por dia de condenação, e a prestação pecuniária na forma de entrega de vinte salários-mínimos ao Conselho da Comunidade do Foro Regional de Piraquara.

Segundo a denúncia do Ministério Público do Paraná (MP-PR), o deputado mentiu ao tentar dizer que não estava dirigindo o veículo no dia do acidente e posto a culpa em um assessor parlamentar.

CBN Curitiba

Foto: Pedro Oliveira/Alep

Comentários