ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

COVID-19: Paraná tem mais de seis mil internados e 1,2 mil aguardando vaga

Conforme a Sesa, o tempo médio de internamento dos pacientes com casos confirmados da COVID-19, no Paraná, é de 11 dias nas UTIs e de seis dias nas enfermarias, tanto para a alta hospitalar quanto para a morte de um paciente.

04/06/2021

O Paraná atingiu o maior número de pacientes internados com casos suspeitos ou confirmados de COVID-19, desde o início da pandemia, em março de 2020.

Ao todo, 6.027 pessoas estão internadas em leitos de UTI ou enfermaria nas redes pública ou particular de saúde, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa).

De acordo com a Sesa, são 2.962 pacientes internados com diagnóstico confirmado de Covid-19 e 3.065 pacientes que estão aguardando o resultado dos exames.

Além disso, ontem, 3 de junho, 1.246 pessoas estavam na fila de espera por internamento em leitos de UTI ou enfermaria exclusivos para COVID-19.

Em entrevista recente à CBN Curitiba, o diretor de gestão em saúde da Sesa, Vinicius Filipak, lembrou que com o internamento de pessoas mais novas, nos últimos meses, o tempo de ocupação nos leitos é maior.

“Infelizmente, apesar de termos leitos disponíveis para internação a mortalidade dos pacientes internados é elevadíssima. Então, ter leito não é salvaguarda para ninguém, mesmo que nós estivéssemos leitos infinitos nós não reduziríamos a taxa de mortalidade”, explica.

Conforme a Sesa, o tempo médio de internamento dos pacientes com casos confirmados da COVID-19, no Paraná, é de 11 dias nas UTIs e de seis dias nas enfermarias, tanto para a alta hospitalar quanto para a morte de um paciente.

William Bittar - CBN Curitiba

Foto: AEN

 

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar