ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

JUSTIÇA: Ontem foi o segundo dia de júri de Luís Felipe Manvailer

Três testemunhas foram ouvidas. Luís Felipe é acusado de matar sua mulher, Tatiane Spitzner na madrugada de 22 de julho de 2018.

06/05/2021

Clique no player para ouvir

No segundo dia do julgamento de Luís Felipe Manvailer, outras três testemunhas foram ouvidas: um vizinho, o síndico do prédio e um dos médicos legistas que assinou o laudo de necropsia de Tatiane Spitzner, morta na noite de 22 de julho de 2018, em Guarapuava.

O mais longo dos depoimentos foi o do médico Guilherme Ribas Taques. Ele é patologista e médico efetivo do instituto médico legal em Guarapuava.

A tese da acusação é de que Luís Felipe Manvailer agrediu e matou a mulher dentro do apartamento e que essa morte teria sido causada por esganadura. Ou seja, o réu teria pegado a vítima pelo pescoço com as duas mãos, e apertado até asfixiá-la. Depois, o corpo teria sido jogado da sacada causando as lesões.

O laudo pericial indica que a causa da morte foi asfixia mecânica.

Essa versão é contestada pela defesa do réu que afirma que Tatiane provocou a queda e morreu em decorrência do impacto.

Por isso, a defesa busca desqualificar esse laudo pericial. Um dos argumentos é o atestado de óbito, que aponta como causa da morte politraumatismo decorrente de queda de nível.

A defesa também ressalta o fato de que o cadáver teve um trânsito incomum. Segundo os advogados, o corpo de Tatiane teria dado entrada no IML por duas vezes, uma logo depois de sua morte e outra, quando já estava em processo de preparação para o velório, quando, conforme a defesa, a necropsia foi concluída.

No depoimento, o médico Guilherme Ribas Taques reafirmou que a causa da morte, na avaliação técnica dele, foi asfixia. Ele disse também, que lesões nos ossos maiores do corpo possivelmente foram causadas pós-morte e que o fato de o corpo ter sofrido manipulação na funerária não prejudicou a necropsia, ou seja, as lesões encontradas não se alterariam na preparação do corpo para velório.

Ouça as impressões da defesa e da acusação sobre o segundo dia de júri.

Galeria de Fotos

Comentários