ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

80 anos de Roberto terá livros e especial de TV

Roberto Carlos completará 80 anos no próximo dia 19 de abril.

01/04/2021

Principal artista romântico da história do mercado musical brasileiro, Roberto Carlos completará 80 anos no próximo dia 19 de abril. Capixaba de Cachoeiro de Itapemirim, ele lançou-se na carreira artística no início dos anos 1960, influenciado pela bossa nova, e construiu uma longeva e sólida história de sucesso. O Rei gostaria de comemorar a data ao lado do público, com uma tour nacional que ocuparia várias datas deste mês, porém os shows programados acabaram cancelados ou adiados, por conta da pandemia.

Mesmo assim, muitas homenagens estão reservadas ao cantor nesta data histórica. A Globo planeja a exibição, em seus canais, de um especial sobre a vida e a carreira do Rei, com imagens de arquivo e depoimentos atuais, dele e de artistas próximos, além de outros profissionais. Também estão sendo cogitadas uma live show para o dia 18 (domingo), nos moldes da realizada em 2020, quando ele completou 79 anos — transmitida pelo YouTube e pela TV, a partir do estúdio particular de Roberto, no Rio de Janeiro. “Domingão do Faustão” e ‘Conversa com Bial”, entre outros programas da emissora à qual o cantor é vinculado desde 1974, prometem tê-lo como atração do mês do seu aniversário.

Também estão programados para abril o lançamento de dois livros a respeito do nosso artista mais popular. Um deles, “Querem Acabar Comigo”, escrito pelo pesquisador Tito Guedes, acaba de chegar às livrarias físicas e no formato e-book.  “Desde a Jovem Guarda, Roberto Carlos é um sucesso de público e fenômeno de vendas. A crítica musical, porém, demorou a lhe estender o tapete vermelho. A maior parte do tempo ele foi visto como um cantor alienado, brega, carola e acomodado. Chegou a ser rotulado como “debilóide”. Para contar a trajetória do mais bem-sucedido nome da música brasileira de todos os tempos, sob o ponto de vista da imprensa especializada, Tito Guedes garimpou centenas de resenhas publicadas desde os anos 60 até hoje. O resultado é um retrato da obra do Rei a partir de uma perspectiva inédita”, informa o release da editora Máquina de Livros, responsável pela obra.

De fato, em mais de meio século de carreira, Roberto viveu uma relação difícil com a crítica, pouco generosa em suas análises e na contramão da crescente popularidade do ídolo. “Querem Acabar Comigo” mostra, curiosamente, que os raros momentos de trégua se deram quando medalhões da MPB abraçaram o cantor: na Tropicália, com Caetano Veloso à frente; com o LP de Nara Leão com repertório todo do cantor no fim dos anos 70; ou quando Maria Bethânia gravou um aplaudido tributo ao Rei. “E a mesma crítica que no início da carreira de Roberto defenestrou o iê-iê-iê e seus primeiros sucessos românticos, décadas depois exaltaria canções desta fase, classificando-a como ‘obra-prima’”, diz um trecho do release.

Também por conta dos 80 anos do cantor, a editora Record planeja lançar uma nova biografia do artista escrita por Paulo Cesar Araújo, autor de “Roberto Carlos Em Detalhes” (2006), recolhido do mercado em 2007 após acordo judicial do artista com a editora Planeta. O novo livro de Araújo tem por título “Roberto Carlos, Outra Vez”. Já a editora Todavia lançará em 19 de abril, o livro “Roberto Carlos – Por Isso Essa Voz Tamanha”, escrito pelo jornalista Jotabê Medeiros.

 

Fonte portalsucesso

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar