ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Furto de cabos em subestação deixa Guarapuava e Prudentópolis sem energia elétrica

Todos as unidades consumidoras de ambas as cidades ficaram sem luz nesta terça-feira (13). Copel informou que registrou ocorrência na polícia.

14/10/2020

Um furto de cabos deixou Guarapuava e de Prudentópolis, na região central do Paraná, sem energia elétrica nesta terça-feira (13), segundo a Copel. Segundo matéria do G1, todas as unidades consumidoras dos dois municípios foram afetadas pelo problema, de acordo com a companhia.

A empresa informou que o furto aconteceu em uma subestação em Reserva do Iguaçu, também na região central do Paraná.

Por causa do furto, a Copel registrou sobrecarga no sistema, resultando na queda da energia elétrica.

Em Prudentópolis, a queda de energia durou duas horas. Já em Guarapuava, os imóveis ficaram cerca de seis minutos sem luz por duas vezes.

A Copel informou que registrou a ocorrência na polícia.

Por meio de nota, a Energisa esclareceu que as três interrupções no fornecimento de energia elétrica que atingiram Guarapuava, nesta terça-feira, por volta das 16h40, às 17h30 e às 19h50, foram ocasionadas por ocorrências no sistema de transmissão de energia da Copel que suprem a rede de distribuição de energia da Energisa Sul-Sudeste.

 

NOTA DA ENERGISA


A Energisa esclarece que as três interrupções no fornecimento de energia elétrica que atingiram o município de Guarapuava em três ocasiões nesta terça-feira, 13/10, por volta das 16h40, às 17h30 e às 19h50, foram ocasionadas por ocorrências no sistema de transmissão de energia da Copel que suprem a rede de distribuição de energia da Energisa Sul-Sudeste. 

A Energisa ressalta que acionou a Copel em todas as três ocorrências para que as medidas técnicas fossem adotadas e permitissem à Energisa restabelecer com prontidão o fornecimento de energia para a população de Guarapuava, empregando todos os esforços necessários com foco no atendimento aos seus clientes.

A empresa lamenta pelos transtornos e reitera que a ocorrência foi registrada por motivos alheios à sua operação e aguarda os esclarecimentos detalhados da Copel sobre essas ocorrências.

 

Com informações do G1 e Comunicação da Energisa
 

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar