ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Eleições 2020: Saiba quanto candidato, na região, poderá gastar na campanha eleitoral

Todos os gastos devem ser declarados. O que não passar pela prestação de contas é caixa dois e pode representar crime eleitoral.

03/09/2020

A campanha eleitoral começa ainda neste mês e a Justiça Eleitoral já definiu os valores máximos que os candidatos podem gastar. Isso para evitar abuso de poder econômico de candidatos. 

Em Guarapuava os limites estabelecidos são os seguintes. Os candidatos a prefeito e vice-prefeito não pode ultrapassar o limite de: R$ 975.159,61. Quase 1 milhão de reais. 

Limites de alguns municípios da região. 

Em Pinhão, o limite de gastos será de 123 mil reais para candidatos a prefeito e 12.300 para vereador. Em Prudentópolis, os candidatos a prefeito podem gastar até 155 mil e os vereadores 46 mil. 

Em Pitanga quem concorrer ao cargo de chefe do executivo pode gastar até 289 mil na campanha. A campanha para uma vaga na Câmara de Pitanga não pode ultrapassar 22 mil e 900.

Já em Turvo, as campanhas para prefeitura não podem ultrapassar o custo de 123 mil. Para o legislativo, 19 mil. 

Em Inácio Martins o custo máximo da candidatura a prefeito é de 123 mil e para vereador não pode ultrapassar 12 mil. Esses aliás, são os menores valores estipulados para região e valem para outros municípios como Campina do Simão, Santa Maria do Oeste, Laranjal, Goioxim e demais municípios do mesmo porte.

Todos os gastos devem ser declarados. O que não passar pela prestação de contas é caixa dois e pode representar crime eleitoral. O cidadão poderá acompanhar online as prestações de contas, saber quem doou para o candidato e como o dinheiro foi gasto.

 

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar