ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Hospital de Guarapuava terá leitos exclusivos para Covid-19

O Governo do Estado vai antecipar a abertura do hospital, que deverá estar em funcionamento em até 45 dias podendo atender justamente no período em que pandemia deverá ser mais crítica no Estado.

14/04/2020

O governador Carlos Massa Ratinho Junior vistoriou nesta terça-feira (14) as obras do Hospital Regional em Guarapuava. 

O governador destacou que o Governo do Estado vai antecipar a abertura do hospital, que deverá estar em funcionamento em até 45 dias podendo atender justamente no período em que pandemia deverá ser mais crítica no Estado.

Neste primeiro momento serão 30 leitos de UTI e 80 leitos de enfermaria, divididos em dois andares do hospital. A segunda fase, com finalização em dezembro, prevê outros 10 leitos de UTI e mais 40 de enfermaria. O investimento por parte do Governo do Estado é de R$ 57,3 milhões.

Após a crise, a estrutura de Guarapuava será referência para Urgência e Emergência, com perfil direcionado a ortopedia e trauma, cirurgia geral e clínica médica, beneficiando 20 municípios da região.

“Esse hospital faz parte da política de descentralização do atendimento à saúde no Paraná, com o fortalecimento de todas as regiões. Estrutura que agora fica à disposição do enfrentamento ao coronavírus”, explicou Ratinho Junior.

O governador informou que a Secretaria da Saúde vai organizar nas próximas semanas um chamamento público a entidades que queiram se credenciar para administrar o complexo. A modalidade é permitida pela legislação em momentos de calamidade pública como agora.

A vencedora ficará encarregada, ainda, em aparelhar o hospital por completo. A manutenção do centro médico quando finalizado é estimado em R$ 4,1 milhões por mês. Serão 370 profissionais de saúde atuando no complexo.

O secretário Beto Preto afirmou que a entrega do Hospital Regional de Guarapuava é o ponto alto da estratégia do Estado de fortalecer toda a região central neste momento de pandemia. Ele afirmou que a secretaria acabou de habilitar outros 10 leitos de UTI em Laranjeiras do Sul, na mesma região.

“É um aumento significativo de UTIs e enfermarias, que vêm suprir um vazio assistencial da região Centro-Sul do Estado, especialmente em alta complexidade”, explicou.

O prefeito de Guarapuava, César Silvestri Filho, lembrou que o centro hospitalar vai praticamente dobrar o número de leitos de UTI na cidade. “Esse hospital é algo esperado há anos por todos aqui. Essa é uma resposta e importante por parte do Governo”, ressaltou.

 

 

Com informações da AEN

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar