ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Moradores denunciam intenção de uso da praça por empresa

Parte da vegetação foi cortada e moradores foram informados que um contêiner seria instalado no local.

16/12/2019

Ouça no player. Reportagem Cléber Moletta.

Moradores do entorno da Praça Basílio Wouk, na região Central de Guarapuava, estão preocupados com a intenção de uma empresa em ocupar o espaço público para instalar um contêiner de venda de um empreendimento imobiliário. Eles procuraram a Rádio Cultura para relatar que uma pessoa esteve no local, cortou as plantas e informou sobre a intenção de uso do lugar.

A Prefeitura de Guarapuava respondeu a nossa reportagem que “não existe autorização para instalação de nenhum contêiner na Praça Basílio Wouk” e reiterou que “se isso ocorrer, está irregular até o momento e deve ser denunciado”.

Até esta segunda-feira (16) nenhum tipo de estrutura havia sido instalado no local.

“Um senhor encostou uma caminhonete e cortou a cerca viva com a motosserra, eu perguntei para ele e a resposta foi que eles colocariam um contêiner para venda de uma construtora”, explicou Roberto Nogueira de Oliveira, aposentado.

Segundo ele o corte ocorreu há mais de uma semana e durante a noite.

Ainda segundo o senhor Roberto a comunidade solicitou e aguarda a instalação de uma academia da terceira idade no local. A Praça Basílio Wouk fica na esquina das ruas Pedro Siqueira e XV de Novembro, no centro. Foi inaugurada em 1994.

Denúncias

Para denunciar uso irregular de espaços públicos o cidadão pode ligar para (42) 3621 3000, telefone geral da Prefeitura de Guarapuava. O setor responsável é o de Fiscalização.

Galeria de Fotos

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar