ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Paraná vai fabricar produtos de diagnósticos veterinário

Será a produção de 40 milhões de doses de sete produtos voltados ao diagnóstico de tuberculose, brucelose e leucose em rebanhos bovinos, suínos e ovinos.

05/11/2019

O Tecpar, Instituto de Tecnologia do Paraná, concluiu o Estudo de Viabilidade Técnica e Financeira para construir um novo Laboratório de Produção de Insumos para Diagnóstico Veterinário. A unidade vai ter capacidade produtiva de 40 milhões de doses de sete produtos voltados ao diagnóstico de tuberculose, brucelose e leucose em rebanhos bovinos, suínos e ovinos. A previsão é de que em dois anos comecem os testes de produção da unidade, que vai ser viabilizada com investimento inicial de 15 milhões e 400 mil reais do Fundo Paraná, no campus CIC do instituto, em Curitiba.

Em 2017, a planta de produção foi interditada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento por não atender os requisitos da regulamentação de Boas Práticas de Fabricação, nem os requisitos de biossegurança nível 3. Para sanar o problema e voltar a apoiar a segurança sanitária brasileira, a atual gestão do Tecpar fez um estudo para avaliar a viabilidade da nova planta.

Sete insumos vão ser produzidos no Laboratório de Produção de Insumos para Diagnóstico Veterinário do Tecpar. O Instituto tem experiência em insumos, começando a produção na década de 50, quando ainda se chamava Instituto de Biologia e Pesquisas Tecnológicas. Os especialistas da época foram os responsáveis pelas primeiras investigações epidemiológicas sobre brucelose e tuberculose no Paraná.

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar