ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Unicentro tem 13 projetos aprovados no Universidade Sem Fronteiras

Projetos prestam serviços à comunidade e são financiados pelo Governo do Estado.

21/05/2020

A Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná (Seti) divulgou na última terça-feira (19), o resultado da chamada pública para financiamento de ações universitárias extensionistas pelo Programa Universidade Sem Fronteiras (USF). No total, foram contempladas 85 propostas submetidas por instituições de ensino superior públicas – estaduais e federais – e privadas. Dessas, 13 são projetos de professores da Unicentro.

Os projetos da Unicentro aprovados para financiamento do USF são:

– Produção interdisciplinar, intercultural e bilíngue de materiais didáticos para alfabetização em contexto indígena, sob coordenação do professor Marcos Gerke, do Departamento de Pedagogia, do campus Santa Cruz;

– Introdução das práticas interdisciplinares e da metodologia da justiça restaurativa nas políticas de proteção da infância e juventude, coordenado pela professora Andressa Kolody, do Departamento de Serviço Social, do campus Santa Cruz;

– Florescer: a universidade na escola, atuando na prevenção da violência contra a mulher, sob coordenação da professora Ariane Pereira, do Departamento de Comunicação, do campus Santa Cruz;

– PreveNutri: prevenindo a obesidade infantil por meio de intervenções interdisciplinares, coordenado pela professora Daiana Novello, do Departamento de Nutrição, do campus Cedeteg;

– Nós propomos! Guarapuava: juventude educando-se na/com a cidade, sobe coordenação da professora Marquiana Gomes, do Departamento de Geografia, do Campus Cedeteg;

– Frente de prevenção à violência contra doméstica contra mulheres, sob coordenação da professora Angela Maria Prates, do Departamento de Serviço Social, do campus Santa Cruz;

– HumanizAção: grupo de apoio, empreendedorismo e emponderamento feminino para mães de prematuros, coordenado pela professora Cristina Fujinaga, de Departamento de Fonoaudiologia, do campus de Irati;

– Fortalecimento do conhecimento, cultivo, uso e processamento de plantas medicinais por grupos de mulheres agricultores, sob coordenação do professor Marcelo Barreto, do Departamento de Geografia, do campus Irati;

– Capacitação para o cultivo agroecológico de hortaliças, visando a inserção laboral, incremento de renda familiar a transformação social de pessoas portadoras de deficiência visual na região de Guarapuava, coordenado pelo professor Sidnei Jadoski, do Departamento de Agronomia, do campus Cedeteg;

– Artes do corpo e educação, sob coordenação da professora Gláucia Kronbauer, do Departamento de Educação Física, do campus de Irati;

– Trabalho social com famílias de catadores de materiais recicláveis em Guarapuava, coordenado pela professora Nayara Bueno, do Departamento de Serviço Social, do campus Santa Cruz;

– Educação, memória e história: o Museu do Holocausto como uma “luz sobre o caos”, sob coordenação da professora Maria Cleci Venturini, do Departamento de Letras, do campus Santa Cruz;

– e Atuação do médico veterinário no Núcleo de Apoio à Saúde da Família, coordenado pelo professor Adriano Carrasco, do Departamento de Medicina Veterinária do campus Cedeteg.

Foto: Assessoria da Unicentro.

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar