ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Sem recursos, Cisgap diminui atendimentos para pacientes de Guarapuava

Agenda de novembro e dezembro se esgotou. Cinco especialidades foram suspensas. Consultas e exames serão marcados somente em janeiro.

08/11/2019

Sem disponibilidades de agenda, pacientes de Guarapuava que precisarem de atendimento no Cisgap (Consórcio Interminucipal de Saúde Guarapuava-Pinhão e Turvo) terão que aguardar até janeiro de 2020. O atendimento de 12 das 17 especialidades foi reduzido nos meses de novembro e dezembro e cinco especialidades foram suspensas: ortopedia, ondocrinologia, oroeeinolaringologia, dermatologia e cirurgia geral. Para os municípios de Turvo e Pinhão o atendimento permanece normal.

“As agendas disponibilizadas para os meses de novembro e dezembro já estão preenchidas, tanto das consultas iniciais, quanto das de retorno”, disse Eliane Dranca, diretora do Cisgap.

Exames para guarapuavanos que já realizaram a consulta também estão suspensos. Segundo a direção do Cisgap a medida foi tomada para evitar a realização de exames que só serão apresentados para os médicos a partir do ano que vem. A demora pode prejudicar o diagnóstico, na avaliação do Cisgap. “Ele [paciente] precisa fazer o exame mais próximo da consulta de retorno”, disse Eliane.

A diretora confirmou que os repasses de recursos pelos municípios e Estado permanece regular. No entanto, no início do ano o Consórcio contava com uma verba extra do Governo Federal. Esse recurso se encerrou e o volume de consultas precisou ser reduzido.

Ainda segundo a diretora casos avaliados pelos médicos como de urgência serão atendidos.

O secretário da Saúde de Guarapuava, Celso Góes, foi procurado. Ele disse que retornaria para reportagem para falar sobre o assunto.

Recursos

Segundo o Portal da Transparência do Cisgap o consórcio gastou em 2019 R$ 12.441.772,4 e teve uma receita de R$ 10.476.719,75. Um déficit de R$ 1.965.052,74. A previsão orçamentária para 2019 é de R$ 14.462.584,64.

As despesas fixas são reteadas entre os três municípios consorciados e cada prefeitura disponibilizaum valor para atender pacientes de sua cidade. Por isso a oferta de consultas, exames e procedimentos variam de acordo com o município. 

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar