ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

PlanificaSUS reúne profissionais da saúde na região de Irati

Participam do encontro, profissionais que prestam atendimento nos postos de saúde de Irati, Mallet, Fernandes Pinheiro, Guamiranga, Inácio Martins, Imbituva, Rebouças, Rio Azul e Teixeira Soares.

06/08/2019

O primeiro Workshop do projeto PlanificaSUS – Planificação da Atenção à Saúde”começou hoje (05) e segue até amanhã (06), em Irati, reunindo cerca de 800 profissionais da saúde que atuam nos nove municípios da região.

O PlanificaSUS tem o objetivo de capacitar profissionais da Atenção Primária de forma articulada com os da Atenção Especializada.  No Paraná, o projeto coordenado pela Secretaria Estadual da Saúde, pretende alcançar o público da terceira idade, tratando do tema envelhecimento de forma compartilhada com outras políticas de saúde.

É executado pelo Hospital Albert Einsten, de São Paulo, idealizado pelo Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (Conass), em parceria do Ministério da Saúde.

“Com o apoio da equipe da 4ª Regional de Saúde de Irati e de inúmeros parceiros, iniciamos o primeiro worshop do PlanificaSUS no Paraná. São centenas de  trabalhadores da área discutindo estratégias de integração da Atenção Primária, Ambulatorial e Hospitalar para o fortalecimento da Rede Estadual de Saúde. A região desenvolverá um projeto com olhar integral para a saúde do idoso, antecipando problemas crônicos”, explica a diretora de Atenção e Vigilância em Saúde da Sesa, Maria Goretti David Lopes.

Participam do encontro, profissionais que prestam atendimento nos postos de saúde de Irati, Mallet, Fernandes Pinheiro, Guamiranga, Inácio Martins, Imbituva, Rebouças, Rio Azul e Teixeira Soares. Os municípios assinaram termo de cooperação com a SESA para a organização desta rede especializada.

Os módulos de treinamento seguirão por 18 meses e serão aplicados por técnicos da Secretaria Estadual da Saúde e do Albert Einstein. A proposta final é de formar uma rede de atenção contínua, proativa e integrada, compatível com o manejo adequado das condições agudas crônicas Segundo publicação do hospital, “a rede quer melhorar  a qualidade de vida das pessoas, os resultados sanitários do sistema de atenção à saúde e a eficiência na utilização dos recursos financeiros”.

 

 

Foto: PMI

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar