ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Notícia falsa e interpretações errôneas provocam "polvorosa" nas redes sociais

O compartilhamento dos conteúdos nas redes pode causar pânico em alguns receptores. Guarapuava e região até o momento não apresentam casos confirmados de Coronavirus.

26/03/2020

Uma fotografia de um atestado médico e um 'print' de uma notícia publicada por um site da cidade, que dava conta de um suposto caso de coronavirus confirmado no vizinho município de Marquinho, circularam pelas redes sociais nesta quinta-feira (26).

Na foto do atestado constava o diagnóstico de “infecção por coronavirus de localização não especificada”, o que foi suficiente para que alguns internautas fizessem suas interpretações e compartilhassem a imagem.

A médica que assinou o atestado esclareceu que até o final da tarde de ontem (25) os médicos da UPA tinham a orientação de notificar como suspeito de Covid-19, isolar por 14 dias, inclusive mediante termo de consentimento aos pacientes, e colher exame de todos os quadros de síndromes gripais.  No fim do dia, segundo a médica, essa mesma orientação mudou. “Os pacientes que necessitam de atestados de afastamento, estão os recebendo. Porém, até o momento não possuímos nenhum caso confirmado de Covid-19 na cidade de Guarapuava”, informou a médica a nossa reportagem.

A médica salientou que o compartilhamento e exposição do referido prontuário é ilegal, pois não há autorização para tal ato.

No caso do ‘print’ da notícia falsa o site retirou a matéria da página e publicou uma outra, informando que a mesma tratava-se de “fake news”.

 

Notícia relacionada: Cobertura do coronavírus aumenta credibilidade dos veículos tradicionais de imprensa

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar