ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Guarapuava teve saldo negativo na geração de empregos em maio, segundo Governo

Ministério da Economia divulgou nesta segunda-feira (29) os dados de todo o Brasil.

30/06/2020

Guarapuava perdeu 383 postos de trabalho com carteira assinada em maio. Foram 1106 demissões e 723 admissões. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério da Economia nesta segunda-feira (29).

O setor que mais perdeu vagas formais, gerando o saldo negativo, foi o comércio, que eliminou 217 vagas no mês. Indústria (-134), agropecuária (-19) e serviços (-18) também tiveram redução dos postos formais. Construção civil abriu 5 vagas.

No acumulado do ano são 1047 vagas formais perdidas.

Perfil

Segundo o Caged, 269 vagas eliminadas (que tiveram uma pessoa demitida sem que outra fosse colocada no lugar) eram ocupadas por homens. Outras 114 eram preenchidas por mulheres.

O maior percentual das vagas que deixou de ser ocupada é de nível médio: -156. Em seguida vem as vagas de nível fundamental incompleto (-116) e médio incompleto (-55).

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar