ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Festas... sem Álcool!

Confirmamos, para o conhecimento de todos, que estão proibidos o consumo e a venda de bebidas alcoólicas nas festas e espaços das igrejas (matrizes e comunidades) da diocese de Guarapuava.

26/09/2019

Festas sem álcool, um longo caminho que não podemos esquecer. Uma escolha vinda da IGREJA NO BRASIL. Não é vontade, exigência de UM BISPO, DE UM PADRE, DE ALGUMAS PESSOAS apenas. Alguém ponderava: “Não é certo acreditarmos que o sustento de nossas igrejas, paróquias, comunidades dependa do consumo de bebidas alcoólicas – uma droga que tem prejudicado muitas pessoas, famílias e mesmo a sociedade”. A reflexão em torno do assunto tem ocorrido ao longo de décadas.

Nosso caminho na Diocese de Guarapuava: Assembleia Diocesana de 08 a 10 de novembro de 2013 – *Festas sem álcool: Determinação da Diocese, como Norma    *Pesquisa de opinião sobre festas sem bebidas alcoólicas: 328 votantes, sendo a favor, 315 (96,04%) e contra, 13 (3,96%). Esta é a conclusão de um longo diálogo que vem sendo amadurecido na diocese. Concluiu-se que a partir de 2014, todas as paróquias (matriz e comunidades) deverão realizar as festas sem álcool. DECISÃO DA ASSEMBLEIA.

Bispos do Paraná, reunidos em Assembleia e Comissão Regional dos Presbíteros em 17 de março de 2014. Desejosos de uma maior fidelidade a Jesus Cristo como propõe o Papa Francisco, encaminham documento com o seguinte pedido: “iniciar uma caminhada de conscientização de nossas comunidades, a fim de que sejam cortadas as bebidas alcóolicas nas festas abertas, almoços, jantares e eventos promovidos pela Igreja”.

Nas considerações, os bispos lembram que as bebidas alcóolicas prejudicam o ambiente e, entre outras coisas, até geram violência e riscos para os que deixam as festas embriagados. Como resultado, a experiência de que as festas se tornaram melhores, mais familiares, participativas e, economicamente, mais vantajosas. O Documento de Aparecida nos convida a abandonar estruturas e práticas que não são evangelizadoras. É o caso em questão.

A 19ª Assembleia Diocesana realizada de 20 a 21 de novembro de 2015, lembrando decisões da 18ª Assembleia – reitera a “Festa da Vida”, isto é, a proibição da venda de bebidas alcoólicas nos eventos da Igreja. Por votação de ampla maioria, ficou, mais uma vez, decidida a proibição de venda de bebidas alcoólicas nas festas e eventuais comemorações da Igreja Católica na Diocese de Guarapuava.

Nota dos Bispos do Paraná, reunidos em Assembleia em março de 2016, lembra as decisões da Assembleia de 2014. Sobre o consumo de bebidas alcóolicas em festas de Igreja, reconhecem e agradecem o caminho feito até aí, recomendam e incentivam a continuar o empenho voltando a citar o Documento de Aparecida e o Documento 100, nº 286 da CNBB que diz “é preciso evitar o contratestemunho do consumo de álcool em quermesses e festas da Comunidade”.

Relembrando todas essas orientações, concluímos que não se trata da vontade do BISPO ou de um PADRE isoladamente. TRATA-SE DE IDENTIDADE E FIDELIDADE PARA COM A IGREJA DE JESUS CRISTO.

Poderemos refletir e aprofundar mais a compreensão destas decisões.

Confirmamos, para o CONHECIMENTO DE TODOS, QUE ESTÃO PROIBIDOS O CONSUMO E A VENDA DE BEBIDAS ALCOÓLICAS NAS FESTAS E ESPAÇOS DAS IGREJAS (matrizes e comunidades) DA DIOCESE DE GUARAPUAVA.

Agradecemos a compreensão e empenho de todos.

Dom Antônio Wagner da Silva, SCJ

Bispo Diocesano

 

 

Diopuava

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar