ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Faixa etária predominante entre confirmados da Covid-19 em Guarapuava é de 30 anos

Outro apontamento indica que a maioria expressiva de pacientes contaminados não têm comorbidades. Dos 85 totais, 74 deles não têm outras doenças relacionadas que podem agravar o quadro clínico.

20/06/2020

Guarapuava ultrapassou nesta semana a marca dos 80 casos confirmados de Covid-19 e os números revelam dados importantes que servem de alerta sobre a importância do cumprimento das medidas de prevenção e distanciamento social por toda a população e não apenas por pessoas consideradas como integrantes de grupos de risco.

Conforme dados da Secretaria Municipal de Saúde, dos 85 pacientes confirmados com o novo coronavírus até asexta-feira (19), quase a metade (49%) têm entre 20 e 49 anos. A maior incidência está entre o público de 30 a 39 anos, que representa 23% do total de casos confirmados no município.

Outro apontamento feito com base nos dados municipais, indica que a maioria expressiva de pacientes contaminados não têm comorbidades. Dos 85 totais, 74 deles não têm outras doenças relacionadas que podem agravar o quadro clínico, ou seja, 87%.

“Essas informações extraídas do nosso cenário epidemiológico nos mostram que precisamos fortalecer o distanciamento social em toda a população. Não podemos flexibilizar as medidas de cumprimento em nenhuma faixa etária. Não adianta isolarmos idosos e crianças, se o público mais jovem estiver contaminado, atuando como vetor ou transmissor comunitário”, declarou o secretário de Saúde, Jonilson Pires.

Com o início do inverno neste sábado (20) e entrada no período de estágio de alerta epidemiológico no município, a recomendação é para reforçar as normativas de segurança e prevenção.

“Precisamos da conscientização e apoio de todos. Vamos evitar encontros ou reuniões familiares, visitas à parques e praças, circulação desnecessária pelas ruas e estabelecimentos da cidade. Estamos entrando em um período delicado de enfrentamento à pandemia e somente com esforço coletivo, poderemos manter Guarapuava como uma das com mais baixos coeficientes de incidência de transmissão do novo coronavírus”, completou o secretário.

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar