17/03/2017 16:20:00 - Cidade

Vereador afastado e mais três viram réus em nova ação da Fantasma II

Segundo MP, dados da fila de espera foram alterados no sistema da Saúde. Marcio Carneiro (PPS), de Guarapuava, já é réu em ação da operação.



O vereador afastado Marcio Carneiro (PPS) e outras três pessoas viraram réus em uma nova ação decorrente da Operação Fantasma II, que investiga um esquema para furar a fila do Sistema Único de Saúde (SUS) em Guarapuava.

A denúncia foi recebida pela Justiça na quarta-feira (15). Os outros réus no processo são a ex-diretora do Consórcio Intermunicipal de Saúde (Cisgap) Márcia de Brito, um ex-assessor parlamentar e um paciente.

Eles vão responder pelo crime de inserção de dados falsos em sistema informatizado. Se condenados, a pena pode chegar a 12 anos de prisão.

De acordo com o Ministério Público do Paraná (MP-PR), a ex-diretora do Cisgap – a pedido do vereador e de seu assessor – determinou que uma estagiária alterasse dados da fila de espera para uma cirurgia. Essa alteração teria passado a paciente na frente de outras pessoas na ordem da fila. Esta é a quarta denúncia do esquema recebida pela juíza Paola Gonçalves Mancini.

O outro lado

O advogado Daniel Laufer, que defende o vereador Marcio Carneio, não quis se manifestar.

A ex-diretora do Cisgap Márcia de Brito não tem advogado constituído no processo. A reportagem não conseguiu localizar Márcia.

 

G1 - RPCTV