14/03/2017 08:54:00 - Regional

Belezas do interior marcam Cicloturismo 2017 na região de Irati

80 ciclistas participaram do passeio com passagens por igrejas históricas e cachoeiras do município.



O passeio com o lema ‘Aventura, Lazer, Cultura, História em Duas Rodas’ envolveu muita adrenalina, esforço dos ciclistas, chuva e visuais que compensaram os 50 km de pedalada até o destino final na cachoeira. A aventura aconteceu no domingo (12), com rota de Irati até o Itapará. 

Com as 80 inscrições esgotadas antes mesmo do prazo de encerramento, a primeira etapa do Cicloturismo iratiense foi um sucesso, pois contou com a participação de muitos familiares, amigos e simpatizantes que acompanharam o trajeto com outros veículos. Desta vez, o passeio organizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Irati reuniu também ciclistas de várias cidades. “Além da grande presença dos iratienses, nós também tivemos a participação de grupos de Pato Branco, Ponta Grossa, Imbituva, Rio Azul, Guarapuava, Prudentópolis, Teixeira Soares e Rebouças”, citam Samanta Santos e Elcio Fernandes, organizadores do evento.

Os ciclistas se reuniram no Parque Aquático às 8h para dar início ao trajeto. No início do percurso, eles tiveram café da manhã na Igreja Ucraniana São Pedro e São Paulo, na Colônia Gonçalves Junior, e o almoço ocorreu na Pousada Daneliv. A rota da tarde incluiu a cachoeira do Cadeadinho e a cachoeira do Moinho, passando também pela Igreja Ucraniana Assunção de Nossa Senhora, finalizando o roteiro perto das 16h30, na famosa cachoeira do Itapará.

CICLISTAS APROVAM ETAPA 
Um dos ciclistas iratienses mais reconhecidos por este esporte é o Marcio Razera, popular Piru, que participou de todo o trajeto. “Nós agradecemos pela continuidade do evento, que superou as expectativas. O dia começou muito bonito, um belo domingo, e, nas primeiras subidas, o pessoal já suou muito com um nível mais difícil de início”.

Luiz Alberto Ogibowski, que já participa de eventos de ciclismo, veio de Guarapuava pela primeira vez. “Estamos participando em cinco pessoas. O grupo de passeio foi muito bom, o pessoal daqui é acolhedor e vamos levar grandes experiências”. O professor universitário de Educação Física, Emerson Velozo, diz que o Cicloturismo merece atenção. “Esta é uma iniciativa que tem que prosperar para que as pessoas possam ter