07/02/2017 18:11:00 - Regional

Governo libera R$ 5 milhões para asfalto entre Pitanga e Mato Rico

Com o dinheiro, será possível licitar e iniciar a obra.



O governo do Estado autorizou a liberação de R$ 5 milhões em recursos do Estado para viabilizar o asfaltamento da PR-239, entre Mato Rico e Pitanga, na região central do Paraná. Com o dinheiro, será possível licitar e iniciar a obra. A pavimentação do trecho está incluída em um empréstimo negociado com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) que aguarda aval federal.

“O governo está alocando recursos próprios para possibilitar a concorrência pública. Vamos dar início à obra tão logo seja licitada.

Quando chegarem os recursos internacionais, vamos acelerar a obra. Esse é o desejo do governador e essa é a boa notícia que nós estamos dando para a região”, afirmou o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni.

Rossoni se reuniu nesta terça-feira (07), no Palácio Iguaçu, com os prefeitos Marcel dos Santos, de Mato Rico, e Maicol Callegari, de Pitanga, e os deputados estaduais Alexandre Curi e Pedro Lupion, que representam os municípios, para informar a decisão do governo. “Fizemos uma engenharia econômica”, explicou o secretário ao anunciar a medida.

A pavimentação dos 47 quilômetros que ligam as duas cidades faz parte de um pacote de investimentos em infraestrutura programado pelo governo a partir da liberação de um financiamento internacional de US$ 300 milhões, equivalente a R$ 950 milhões na cotação atual da moeda americana.

“O processo ficou travado por mais de três anos no governo de Dilma Rousseff. Tivemos a troca de governo e agora o presidente Temer assumiu o compromisso com o governador Beto Richa de liberar todos os empréstimos internacionais”, disse o chefe da Casa Civil, lembrando que Mato Rico é um dos quatro municípios que ainda não tem ligação asfaltada com a malha rodoviária estadual.

VIABILIDADE - O prefeito de Mato Rico lembra que Richa esteve no município para manifestar a intenção de fazer a obra, mas ressaltou que era preciso vencer as dificuldades. “Ele não enganou ninguém. Disse:

Olha, se não tiver projeto não dá pra tocar a obra, não dá pra buscar recursos”, recorda Santos. “O projeto foi viabilizado, licitado, concluído, está aprovado. Mais importante que isso: tem liberação ambiental. O segundo passo também estaá dado: a busca de dinheiro”, afirmou.

Santos revela a importância da obra para a cidade. “Esta obra representa um investimento de R$ 150 milhões do Estado em um dos municípios mais carentes do Paraná”, disse. “Isso demostra sensibilidade e comprometimento que o governador Beto Richa tem pela nossa região”.

O prefeito de Pitanga reforça que o investimento anunciado pelo Estado demonstra o interesse do governo em apoiar toda a região central do Paraná. “É interesse na população e no bem estar desse povo. Estamos esperando começar a licitação e a assinatura da ordem de serviço pra gente comemorar mais ainda”, afirmou Callegari.

Obras previstas - Com a liberação do empréstimo do BID o governo do Estado também vai executar a pavimentação da PR-364 entre São Mateus do Sul e Irati, da PR-092 (Cerro Azul a Doutor Ulysses) e PR 910 (Palmas a Coronel Domingos Soares).

Além disso, estão previstas obras de contornos em Wenceslau Braz e Castro; ampliação de capacidade das rodovias PR-151 (Palmeira a Ponta Grossa), PR-182 (divisa PR/SP a Nova Londrina), PR-170 (divisa PR/SP a

Rolândia) e PRC-466 (Furnas até o entroncamento da BR 277); além de novo acesso ao porto de Antonina.

 

Assessoria de Imprensa - Deputado Rossoni