13/05/2016 14:38:00 - Colunistas

Saudade? talvez...

Por: Jorge Teles



Em tempos de “controls C’s -  controls V’s”, “curtir – compartilhar”; em tempos de comunicações rápidas, digitais, tecnologicamente avançadas, voláteis, ainda somos surpreendidos. Surpreendidos no bom sentido porque é interessante pensar que alguém, com muito carinho e atenção, ainda tira um tempo para escrever uma carta.

Tenho certeza que muitas pessoas (me incluo aqui) até já esqueceram o quão prazeroso é escrever à mão e mais prazeroso ainda receber uma carta. Ler, reler e quem sabe responder. Quantos já nem observam aquelas caixas amarelas de coleta dos correios? Alguns nem sabem prá que servem.

Não chega a ser saudosismo, mas boas lembranças me vieram à mente da antiga maneira de se comunicar. Do sentar-se para ouvir uma partida de futebol no rádio rodeado de amigos, conversar olhando nos olhos, sem pressa, sem compromisso, sem ser interrompido por um sinal sonoro do celular ou computador. Ler um bom livro, uma revista, um jornal, sentindo o prazer de pegar no papel. Do sair à campo para levantar pautas, fazer fotos para então sim trabalhar a informação. Do pisar no barro, do estar perto das pessoas. De ruas com menos carros. De ter menos "amigos" no Facebook e menos vidas no CandyCrush.

Neste dia, 13 de maio de 2016, nosso locutor Laban, na 93FM, recebeu uma carta de um ouvinte. Algo que há muito tempo não acontecia. As cartas migraram para o telefone, depois para o email, para as mensagens de texto, e atualmente está em alta o watsapp.

Isso me fez parar, refletir, escrever ..... quem sabe me faça mudar algumas atitudes.

[Jorge_Teles]