ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Em ação ambiental compensatória, empresa inicia plantio de 250 árvores em Guarapuava

O espaço verde de Guarapuava ganha reforço com a ação da Prefeitura, através da Secretaria de Meio Ambiente, em parceria com a Energisa

14/05/2020

Como medida compensatória, a empresa provedora de energia elétrica do município (Energisa) fez o plantio de 26 mudas, nessa terça-feira (12), no antigo Ginásio do Trianon.

“Para fazer o licenciamento de rede de transmissão de energia elétrica, a Energisa precisou cortar 25 árvores, cuja autorização foi concedida pelo IAP (Instituto Ambiente do Paraná), com o compromisso de que para cada árvore cortada, outras 10 seriam plantadas como medida compensatória. Enquanto Secretaria de Meio Ambiente, auxiliamos orientando sobre a áreas para plantio, que nessa semana, ocorreu no primeiro ponto que sugerimos”, explicou o secretário de Meio Ambiente, Celso Araújo.

Conforme a Secretaria, a meta é plantar 250 árvores de ipês roxos e coelreutérias, em vários pontos do território urbano, até o final do inverno. Entre os pontos que receberão o plantio, também está a avenida Vereador Rubens de Siqueira Ribas, na saída para o Jordão. Segundo as determinações do IAP, o plantio destas espécies é adequado para o perímetro urbano.

“Prezamos pelo meio ambiente em todas as áreas em que atuamos. Com a ampliação das linhas de transmissão, assumimos um compromisso ambiental, reafirmando nosso comprometimento institucional com o ambiente em que vivemos. Nosso engenheira ambiental elencou as espécies, para atender os critérios do IAP”, destacou o gestor de vendas da Energisa, Reinaldo Juliani.

Em Guarapuava, outras medidas compensatórias preenchem a arborização da cidade. Em 2017, por exemplo, a concessionária Ecocataratas também atuou com o plantio de quatro mil espécies de árvores, agora enraizadas, no Parque das Árvores.

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar