ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

PRF apreende 1 tonelada de maconha em Irati (PR)

Recorde do ano na região dos Campos Gerais, marca iguala apreensão feita em 2019.

22/04/2020

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, na madrugada desta quarta (22), uma tonelada de maconha que era transportada em uma caminhonete roubada.

Por volta das 3h40, agentes da PRF em ronda pela BR-277 visualizaram dois veículos retornando sobre a pista, de maneira suspeita. Quando a equipe se aproximou para tentar a abordagem, um dos veículos, um Fiat Linea, fechou a passagem da viatura policial enquanto o outro veículo, uma Ford Ranger, fugia pela contramão. Imediatamente, os policiais passaram a perseguir a caminhonete, quando o motorista jogou diversos “miguelitos” (objetos metálicos que têm a finalidade de furar pneus), com o objetivo de furar os pneus da viatura para cessar a perseguição.

Ainda, o fugitivo realizou diversas manobras perigosas pela contramão, além de frear bruscamente tentando a colisão com a viatura e jogando veículos que vinham em sentido contrário para fora da rodovia.

Na fuga, o motorista acessou a BR-153, sentido Imbituva (PR), quando saiu de pista e colidiu contra a viatura, fugindo para uma mata próxima ao local do acidente. Em decorrência do acidente, diversos fardos de maconha ficaram espalhados pela rodovia.

Os policiais efetuaram buscas, mas o traficante não foi encontrado. Na caminhonete, foram encontrados e apreendidos 52 fardos, contendo 113 tabletes de maconha, que, após a pesagem, totalizaram 1 tonelada da droga. Ainda, em vistoria pela caminhonete, os agentes descobriram que o veículo havia sido roubado em fevereiro deste ano, em Caxias do Sul (RS). Em seu interior, foi encontrado um rádio comunicador.

Recorde nos Campos Gerais – No ano passado, a PRF apreendeu uma tonelada de maconha em Guarapuava (PR) em meio a uma carga de estrados de madeira. Com a apreensão desta madrugada, a PRF iguala e estabelece o recorde do ano na região.

Diante dos fatos, a droga e a caminhonete foram encaminhados para a Polícia Civil em Iratí para o registro dos crimes de tráfico de drogas, adulteração de sinal identificador de veículo e telecomunicação clandestina.

O carro que participou do crime também não foi encontrado.

 

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar