ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Diocese de Guarapuava mantém as recomendações de isolamento social

Foram divulgadas as orientações para os católicos, especialmente para a Semana Santa.

31/03/2020

Foram divulgadas, na tarde deste terça-feira (31), por meio de um comunicado oficial, expedida pelo Bispo da Diocese de Guarapuava Dom Antônio Wagner da Silva, as novas orientações para os católicos. A igreja mantém as recomendações de isolamento social, especialmente para a Semana Santa. Alerta que as celebrações do Domingo de Ramos serão sem público com bênção dos ramos através dos meios de comunicação social. As procissões serão suspensas.
 
Leia o comunicado na íntegra:
 
"COMUNICADO OFICIAL
 
Aos Rev.mos Srs. Padres e Queridos Fiéis 
da Diocese de Guarapuava
 
A luta diante da realidade da pandemia do novo Coronavirus – COVID-19 continua. Não podemos esmorecer!
Para além do que já foi recomendado, trazemos novas orientações, especialmente para a Semana Santa.
 
Princípio fundamental – MANTENHAMOS A UNIDADE EM NOSSAS AÇÕES. Para qualquer ação extraordinária consulte, antes, o Bispo Diocesano.
As ações litúrgicas sejam feitas dentro das Igrejas sem público.
 
Não sejam feitas procissões, passeios com o Santíssimo, e bênçãos internas ou pelas ruas.
 
 
Semana Santa: 
Diante do esclarecimento da Santa Sé de que a data da Páscoa não pode ser transferida e das orientações da Sagrada Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, para celebrações relativas à Semana Santa deste ano em nossa Diocese de Guarapuava, fica determinado o que segue:
 
1. Domingo de Ramos: Celebrações sem público com bênção dos ramos através dos meios de comunicação social. Sejam suspensas as procissões.
 
2. Missa Crismal - Quinta-feira Santa - está transferida, para nova data a ser comunicada.
 
3. Tríduo Pascal: 
 
3.1 O Bispo, Párocos, Vigários Paroquiais e Administradores Paroquiais celebrem os mistérios litúrgicos do Tríduo Pascal na Igreja Catedral e nas Igrejas Matrizes Paroquiais, sem a participação de fiéis. Comuniquem aos fiéis os horários das Celebrações e os convidem a estar em comunhão de oração. Onde for possível possam acompanhar de suas casas pelos meios de comunicação social.
 
As celebrações sejam transmitidas ao VIVO.         
                                            
3.2 Quinta-feira Santa:
a. Celebra-se a Missa da Ceia do Senhor, mesmo sem povo.
b. Omite-se o Lava pés.
c. No final da missa não se faz a procissão com o Santíssimo. O mesmo deve ser guardado no Sacrário como de costume.
d. Os padres impedidos de celebrar esta Missa, bem como os diáconos, façam a Oração das Vésperas da Liturgia das Horas;
e. Os padres de uma mesma paróquia concelebrem.
 
3.3 Sexta-feira Santa:
 
a. Celebre-se a Paixão do Senhor na Catedral e nas Igrejas Matrizes Paroquiais.
b. Na Oração Universal seja feita oração especial pelos doentes, pelos defuntos, pelos enlutados que sofreram perdas familiares.
 
3.4 Vigília da Páscoa (sábado santo)
 
a. Celebra-se, apenas, na Catedral e Igrejas Matrizes Paroquiais.
b. Não se acende o “fogo novo”, mas somente o Círio Pascal.
c. Não se faça nenhuma procissão.
d. Cante-se (ou reze) o Exultet, seguindo-se a Liturgia da Palavra.
e. A Liturgia segue o modo breve: apenas 3 leituras com os salmos e orações respectivas, Leitura da Epístola e Evangelho.
f. Na Liturgia Batismal somente se faça a renovação das promessas batismais, seguindo-se a Liturgia Eucarística;
g. Padres e diáconos que não podem celebrar ou participar da Liturgia rezem o Ofício das Leituras indicado para o Domingo da PÁSCOA.
 
 
Observações:
 
a. Para todas as celebrações utilize-se apenas o número mínimo necessário de pessoas para a realização do Rito, respeitando-se a distância de segurança ditada pelos órgãos de saúde pública.
 
b. A coleta da Campanha da Fraternidade do Domingo de Ramos será feita em data posterior à combinar.
 
c. Na sexta-feira Santa os ritos Solenes da Adoração da Santa Cruz, bem como a coleta para os chamados “Lugares Santos” – estão transferidos para data a ser, posteriormente, fixada.

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar