ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

"Qual é a sua loucura? " exposição de Patrick de Jesus encerra hoje no centro de artes

A exposição tem como objetivo promover a inclusão da pessoa com transtorno mental.

31/05/2019

O centro de Artes Iracema Trinco Ribeiro recebe nesta semana a exposição "Qual é a sua loucura?" do artista Patrick de Jesus. A exposição conta com trabalhos a lápis, tinta óleo e tinta guache. Caricaturas, ilustrações e pinturas compõem o acervo.  Patrick começou a desenhar quando tinha 6 anos de idade e a partir daí não parou mais. Ele conta que através da arte ele tenta transmitir o que sente. “Eu vejo alguma coisa que me fascina e tento jogar em uma folha de sulfite em branco. Ao mesmo tempo em que fascina o artista, a arte pode fascinar outras pessoas”, comenta o artista.
 
A exposição tem parceria com o CAPS de Guarapuava, lugar onde Patrick participa das atividades e faz tratamento. Um dos objetivos da exposição é promover a inclusão dos pacientes do CAPS com comunidade. "A imagem que as pessoas têm de pacientes com transtorno mental às vezes é uma imagem errada. Não conhecem o trabalho, não conhecem a pessoa. Então, estamos divulgando para mostrar o potencial que ele tem e principalmente promover a inserção na comunidade", explica a assistente social, Silvia Maile. 
 
Silvia conta que além de Patrick, outros pacientes do Caps desenvolvem atividades artísticas e foram incentivados pelo colega. "Mediante o Patrick demonstrar todo o trabalho que ele tem, outros pacientes do Caps começaram a resgatar outras artes que eles tinham: o bordado, a pintura em pano de prato, a escrita, que eles tinham e ficaram escondidas por um tempo", ressalta.
 
A exposição vai até sexta-feira (31/05). O Centro Iracema Trinco Ribeiro fica na Rua Marechal Floriano Peixoto, 1399, Centro, ao lado da Catedral.
 
Texto: Rita Hilachuk (estagiária), sob a supervisão da jornalista Céci Maciel.
 
 

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar