ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Consultoria realiza trabalho para melhora do trânsito de Guarapuava

Urbtec dá início a um trabalho que visa a melhoria da situação da mobilidade urbana na cidade

24/05/2019

A prefeitura de Guarapuava fechou contrato com a empresa Urbtec Planejamento e Consultoria para identificar, discutir e resolver os problemas de trânsito, mobilidade urbana e transporte coletivo do município. Os trabalhos tiveram início neste mês, começando com o levantamento de dados nas ruas da cidade para chegar a um diagnóstico e dar sequência ao projeto que vai até o mês de outubro.

A coleta de informações está sendo efetuada por pesquisadores posicionados nos cruzamentos de Guarapuava nos horários da manhã, almoço e final de tarde, quando o movimento é maior, e visa quantificar alguns dados relacionados ao fluxo, número de carros, motocicletas, dentre outros veículos, assim como o de ciclistas e pedestres. Com estas informações será possível esclarecer os problemas e pensar nas melhores soluções para cada local especificamente, como explica o consultor da Urbtec, Gustavo Taniguchi “a gente vai conseguir, a partir desse levantamento, identificar que solução é a melhor para aquele cruzamento, as vezes, só reprogramar o semáforo já resolve o problema, ou eu posso substituir o semáforo por outra solução, uma rotatória por exemplo”. As pesquisas estão sendo realizadas em 47 pontos da cidade e já apontaram que a frota de carros da região é quase o dobro do que há dez anos atrás.

Ouça a entrevista realizada com Gustavo Taniguchi - clique no player

Além das pesquisas nas ruas, abordagens também estão no cronograma do projeto. Os pesquisadores estarão, durante o período de diagnóstico, efetuando seus estudos dentro dos veículos do transporte coletivo e com os ciclistas da cidade. Taniguchi pede a colaboração da população nesta etapa “a gente pede que a população receba bem o pesquisador, nos ajude a responder o questionário, pois é pelo bem da cidade que estamos fazendo essa pesquisa”. A colaboração por parte dos ciclistas é crucial para o entendimento do que é necessário para eles, segundo as pesquisas realizadas, de 108 abordagens apenas 19 ciclistas colaboraram.

Após a fase de diagnóstico, ainda haverá duas outras etapas antes das medidas começarem a ser tomadas. Entre o final de junho e o começo de julho começa a etapa de propostas com uma audiência pública aberta a todos os cidadãos guarapuavanos, que poderão entender os problemas identificados e assumir um caráter participativo, dando opiniões e trazendo suas reivindicações. Segundo Gustavo, a participação da população é importante porque a visão técnica do estudo tem que ser complementada pela visão da população.

Passada a etapa de propostas chega-se à institucionalização do plano, onde são definidas as prioridades, tanto técnicas quanto da população, definindo quais medidas serão imediatas ou não, adequando, a partir destas prioridades, o orçamento para a realização de possíveis obras ou mudanças na cidade.

 

Texto: Pablo Henrique Aqsenen (estagiário) sob a supervisão do jornalista Jorge Teles

Galeria de Fotos

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar