ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Condenado por irregularidades na Câmara é comissionado na Prefeitura de Guarapuava

Depois de ser exonerado da Câmara Municipal Sebastião Valmir de Souza foi nomeado para um cargo em comissão na prefeitura.

02/05/2019

Sebastião Valmir de Souza, conhecido como Cabelo, condenado por ter recebido salário de um cargo que não exerceu na Câmara de Vereadores, foi nomeado como assessor técnico da Prefeitura de Guarapuava em 2017. Atualmente ele trabalha na administração da Rodoviária Municipal. Por telefone ele disse que não pretende comentar a sua condenação e que seus advogados vão recorrer.

Segundo denúncia do Ministério Público, Sebastião foi nomeado pelo presidente da Câmara de Vereadores João Carlos Gonçalves, o João Napoleão (PROS), para o cargo de Diretor de Gestão Legislativa entre janeiro de 2015 e maio de 2016, mas nunca exerceu essa função de fato. Ambos foram condenados a 3 anos e 4 meses de prisão em regime aberto (substituída por pagamento de dois salários mínimos e prestação de serviços comunitários) e terão que pagar multa e ressarcir o erário em R$ 84 mil (veja aqui).

Ele foi nomeado pelo prefeito Cesar Silvestri Filho (PPS) em 27 de janeiro de 2017 para o cargo de Assessor Técnico na Secretaria Municipal de Habitação e Urbanismo. Atualmente Cabelo trabalha no setor administrativo da Rodoviária Municipal. Na manhã de hoje (2), no entanto, ele não cumpria expediente no local.

Até maio de 2015 ele trabalhava na Câmara de Vereadores.

Informações publicadas no Portal da Transparência mostram que Sebastião recebe mensalmente salário base de R$ 2.500 mais uma gratificação de R$ 1.500 que não está especificada. A carga horária é de 220 horas mensais.

A Prefeitura foi procurada para explicar qual foi o critério para escolha, quem é o responsável pela nomeação de Sebastião e se a condenação em primeira instância altera a decisão de nomeá-lo para um cargo de confiança na Prefeitura. A assessoria ainda não retornou.

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar