ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Pedágio em algumas rodovias do Paraná está mais barato

Redução nas tarifas de pedágio da CCR Rodonorte começou a valer neste sábado. Veja quanto custará a tarifa em cada praça.

27/04/2019

Começaram a valer à 0h deste sábado (27) as novas tarifas de pedágio nas praças das BRs 277 e 376 e da PR-151, administradas pela concessionária CCR Rodonorte. Os valores terão redução de 30% por ao menos 12 meses em razão de um acordo de leniência firmado entre a empresa e o Ministério Público Federal (MPF), no âmbito da Operação Integração, braço da Lava Jato que investiga os contratos de pedágio no Paraná.

Novos valores

As reduções valem para praças da concessionária CCR Rodonorte que administra trechos da BR-376, da BR-277 e da PR-151. 

Carros de passeio
BR-376

Ortigueira R$ 8,10
Imbaú R$ 8,10
Tibagi R$ 8,10
Witmarsum R$ 8,70

PR-151

Carambeí R$ 5,50
Jaguariaíva R$ 7,20
BR-277 São Luiz do Purunã R$ 6,10

Pedido de desculpas

Além da redução nos valores das tarifas de pedágio, a CCR Rodonorte se comprometeu, no acordo de leniência, a instalar placas de 8 m² com pedidos públicos de desculpas, nas praças de pedágio que administra, em local de ampla visibilidade. A sinalização deve ser mantida durante todo o período remanescente da concessão com o seguinte texto:

A Rodonorte dirige-se aos paranaenses para reconhecer que errou ao não adotar políticas adequadas de transparência e controle de seus negócios, pelo que pede desculpas.

Por isso, a empresa formalizou acordo com a força tarefa da Lava Jato do Ministério Público Federal no Paraná, em que admitiu práticas de corrupção.

A concessionária se comprometeu a reparar a sociedade paranaense pagando uma multa que será revertida na redução em 30% da tarifa de pedágio, por pelo menos 12 meses, além de outras compensações.

A empresa entende que os fatos que geraram o acordo refletem um período que o Brasil e a Rodonorte querem deixar para trás e reforça o compro misso de aperfeiçoar seus mecanismos de controle e fiscalização

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar