ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Carta de Pharrell Williams ameaça Trump por uso de "Happy" em comícios

30/10/2018

O produtor e cantor Pharrell Williams ameaça processar o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por violação de propriedade intelectual. Em causa, está o uso da canção 'Happy' em comícios do chefe do estado norte-americano.

A carta do músico critica, em particular, o uso da música "no dia de um massacre", em referência ao ataque a uma sinagoga em Pittsburgh, que deixou 11 mortos.

A música 'Happy' foi tocada para apoiantes de Trump num comício do Future Farmers of America, em Indiana, no mesmo sábado da chacina, que teve como alvo uma congregação judia. 

"Não houve nada de 'feliz' ("happy", em inglês) na tragédia que afligiu o nosso país no sábado nem nenhuma permissão foi dada para poder usar esta canção para este propósito", diz Pharrel, na carta citada pela Sky News.

(Fonte: Notícias ao Minuto)

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar