ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Campo Real agora é Centro Universitário

Na solenidade, além do anúncio da transformação de faculdade em Centro Universitário Campo Real, houve a posse do reitor e pró-reitores.

09/08/2018

Em um momento histórico e em clima de muitas conquistas, alegrias e sorrisos, aconteceu nessa quarta-feira, 8, no Salão Nobre Embaixador José Osvaldo de Meira Penna, a transformação administrativa da Faculdade Campo Real em Centro Universitário Campo Real.

 Clique no player e ouça a entrevista com o reitor do Centro Universitário Campo Real, professor Edson Aires (a esquerda na foto).


O evento contou com a posse da reitoria e pró-reitorias, sendo: REITOR: professor Edson Aires da Silva; PRÓ-REITORA ACADÊMICA: professora Patricia Manente Melhem Rosas; PRÓ-REITOR DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO: professor Adailton Marcelo Lehrer; e PRÓ-REITOR DE PÓS-GRADUAÇÃO, INICIAÇÃO À PESQUISA E EXTENSÃO: Professor Mateus Cassol Tagliani.

A solenidade também contou com a presença do mantenedor das Coligas UB, Wilson Ramos Filho, professora e procuradora institucional da Campo Real, Elizania Caldas Faria, e professor e reitor da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), Aldo Nelson Bona.

CENTRO UNIVERSITÁRIO

A nova designação chega após um criterioso processo de avaliação, que comprovou mais uma vez a qualidade de ensino da Campo Real. São credenciadas como centros universitários, apenas as instituições de ensino superior que apresentam ensino de excelência, após o cumprimento de todos os trâmites de avaliação estabelecidos pelo MEC.

Para o professor e reitor da Campo Real, Edson Aires da Silva, o credenciamento como centro universitário é resultado de um trabalho coletivo e do compromisso da instituição com a educação de excelência.

“O momento é histórico para Guarapuava e toda região. O Centro Universitário Campo Real, como passará a ser conhecido, continuará com o propósito de formar cidadãos com novas visões de mundo, garantindo um futuro melhor para todos”, acredita.

Para a professora e pró-reitora acadêmica, Patricia Manente Melhem Rosas, a transformação em centro universitário é consequência de uma história que começou há 18 anos.

“O constante crescimento da Campo Real consolidou a marca e todo o caminho que percorremos até aqui. Ser um centro universitário significa ter maior autonomia administrativa, com a possibilidade de abertura de novos cursos e ter foco ainda maior em atividades de extensão, beneficiando toda a comunidade, assim como cada vez maior incentivo à iniciação à pesquisa”, comenta.

Ainda segundo o professor Edson, o reconhecimento do Ministério da Educação como centro universitário é fruto da qualidade da instituição, que vem reforçar o compromisso do corpo docente e colaboradores, que ao longo dos anos, contribuíram na construção e formação de profissionais qualificados.

Galeria de Fotos

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar