ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Prefeitura descumpre prazo e Sindicato cobra solução para contratação de empresa de limpeza de escolas

Em maio a Prefeitura se comprometeu em publicar, em 60 dias, um edital de licitação para terceirizar serviço de limpeza em escolas e Cmeis.

26/07/2018

Reportagem: Cléber Moletta.

Em setembro de 2017 a Prefeitura de Guarapuava, com aval da maioria dos vereadores, extinguiu o cargo de servente de limpeza dos quadros do município. A proposta do executivo é terceirizar a função. Passados dez meses muitos servidores desse setor deixaram a função e não houve reposição e ainda não há edital para licitar a empresa que fará o serviço.

“A Prefeitura, a Secretaria de Administração, na nossa greve, havia se comprometido em no prazo de 60 dias publicar esse edital, passado esse prazo não há edital publicado”, disse à Rádio Cultura a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos e Profissionais de Guarapuava, Cristiane Wainer.

Em resposta à Rádio Cultura a assessoria de comunicação da Prefeitura disse que “o processo de contratação de uma empresa terceirizada, especializada em serviços de limpeza, asseio e conservação predial está sendo finalizado para que seja encaminhado ao Departamento de Licitação já no início do mês de agosto”. Atualmente o edital está em elaboração pela Secretaria de Administração.

A presidente do sindicato dos servidores municipais disse que há um mês está tentando marcar com a secretária de Administração, Denise Turco, mas não foram recebidos nem tem data agendada.

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar