ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Prefeitura de Guarapuava vai averiguar morte de menina que foi atendida na UPA do Batel

Gabrielly Aparecida Vesselovcz da Silva, de 9 anos, morreu em casa, na manhã de ontem (28). Ela foi atendida na UPA do Batel.

29/06/2018

A morte de Gabrielly Aparecida Vesselovcz da Silva, de 9 anos, gerou repercussão e comoção popular, principalmente em redes sociais. Não há informações concretas sobre a causa da morte da criança. A Prefeitura de Guarapuava informou em nota que “de acordo com a Secretaria de Saúde, já estão sendo tomadas medidas administrativas para averiguar o caso”.

Leia também: Criança sofre sequelas depois de possível falha em atendimento na UPA, denunciam pais

Segundo o IML (Instituto Médico Legal) o corpo da menina deu entrada às 9h35 da manhã de ontem (28). A morte ocorreu em casa.

A menina foi atendida na UPA do Batel. Todos os casos de morte são investigados pelo setor de Vigilância Epidemiológica do município e acompanhados pela 5ª Regional de Saúde.

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar