ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Governo do Estado não autoriza contratação e 20% das salas de aula da Unicentro estão sem professor

Decreto precisa autorizar contratação de colaboradores, mas ainda não foi editado e publicado pelo Governo. Reportagem da Cultura solicitou uma posição do estado no dia 2 de fevereiro, mas ainda não teve resposta.

09/03/2018

Desde o início do ano letivo, dia 19 de fevereiro, faltam professores na Unicentro (Universidade Estadual do Centro-Oeste). A Rádio Cultura publicou em 23 de fevereiro uma reportagem mostrando que o Governo do Estado não autorizou a contratação de professores colaboradores (VEJA AQUI). Sem o decreto, a instituição não pode contratar 103 professores. Por isso, cerca de 20% das salas de aula permanecem vazias na instituição, prejudicando alunos de 38 cursos de graduação.

A assessoria da Seti (Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior) não respondeu às solicitações de informação da Rádio Cultura, encaminhados desde o dia 2 de fevereiro.

Na tarde de ontem (8) a Reitoria da universidade se posicionou sobre o assunto, em nota.

A Reitoria da Unicentro informa à comunidade acadêmica da instituição que ainda não obteve autorização governamental para a contratação de professores temporários pelo Regime CRES. Esclarece que tem trabalhado incessantemente nessa questão desde o final do ano passado, objetivando evitar transtornos pedagógicos aos cursos da instituição, bem como evitar transtornos pessoais aos docentes, que têm suas vidas profissionais e a sustentação financeira de suas famílias vinculadas a este contrato de trabalho com a Universidade.

No dia 26 de fevereiro o assunto foi levado diretamente ao governador do Estado pelos Reitores das sete Universidades Estaduais, tendo o governador se comprometido em encaminhar a solução do problema. Nos dias subsequentes a Reitoria realizou gestões para obter a autorização necessária, entretanto ainda sem sucesso. Novas reuniões estão agendadas para amanhã, sexta-feira (09), quando se espera que seja concedida a autorização.

Em caso de não resolução do problema, os Conselhos Superiores da Universidade determinarão as medidas a serem adotadas para preservar a instituição e a qualidade dos trabalhos nela desenvolvidos.

Atenciosamente,

Aldo Nelson Bona e Osmar Ambrósio de Souza.

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar