ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Policias e agente penitenciário são detidos com contrabando no Paraná

Eles transportavam 739 celulares, 359 conectores de tomada, 30 câmeras fotográficas, 32 capas de celulares, armas e munições.

25/02/2018

A Polícia Militar de Cascavel prendeu quatro pessoas, entre eles, um policial e um agente penitenciário da Penitenciária Estadual de Londrina (PEL), que transportavam a carga de eletrônicos avaliada em quase R$ 190 mil, na noite desta sexta-feira (23). Segundo a Polícia, a apreensão aconteceu na estrada rural, nas proximidades do Contorno Oeste.

O grupo era escoltado também, por outro policial, este de Foz do Iguaçu que conseguiu fugir. Eles transportavam 739 celulares, 359 conectores de tomada, 30 câmeras fotográficas, 32 capas de celulares. Além de rádios comunicadores, armas e munições.

Durante a abordagem, o policial que fazia a escolta conseguiu fugir por um matagal, mas deixou cair a arma, por isso foi identificado. Os quatro detidos foram levados para a Polícia Federal de Cascavel onde prestaram esclarecimentos, depois encaminhados para a carceragem da 15ª SDP.  Segundo a PM, o veículo que eles transportavam a carga também foi apreendido. Tudo foi levado para a Receita Federal de Cascavel.

Em nota, a SESP-PR se manifestou na manhã de hoje.

A Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná informa que a Polícia Militar prendeu três pessoas e apreendeu uma carga de eletrônicos avaliada em R$ 190 mil na cidade de Cascavel. Os produtos, que seriam contrabandeados do Paraguai, estavam num caminhão que foi abordado pela PM. 

Entre os presos estão um policial militar e um agente penitenciário. Um outro policial militar está foragido. 

A Polícia Militar não compactua com desvios de conduta de seus integrantes e ressalta que, para qualquer situação potencial envolvendo policiais, busca a elucidação de todos os fatos, sendo respeitados os direitos ao devido processo legal. 

Internamente, as medidas cabíveis ao caso também serão tomadas pelo Batalhão ao quais os policiais pertencem e pela Corregedoria.

O agente penitenciário que foi preso tem 38 anos e é integrante do quadro efetivo do Depen desde 2008, atualmente estava lotado na Penitenciária Estadual de Londrina II (PEL2). 

O Departamento Penitenciário determinou o afastamento imediato do servidor, que responderá a um procedimento administrativo junto a Corregedoria do Depen. 

BandaB.

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar