ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Após viagem a Porto Rico, Ricky Martin lamenta destruição: “não vejo luz no fim do túnel”

09/10/2017

Ricky Martin passou os últimos dias em Porto Rico auxiliando as equipes voluntárias a distribuir doações de água, alimentos e remédios aos sobreviventes das áreas atingidas pelo furacão Maria. Agora, de volta aos Estados Unidos, o músico contou como foi a experiência e, emocionado, disse que o país ainda está longe de se reerguer.

“Não quero ser pessimista, apenas realista: as imagens não fazem justiça ao que realmente aconteceu. Parece que nos bombardearam. Conheci famílias que tiveram que enterrar seus parentes no quintal porque não tiveram ajuda. E ainda estão lidando com isso. Apesar de tudo o que as pessoas dizem, neste momento Porto Rico está lutando muito e não vejo uma luz no fim do túnel. Por isso precisamos trabalhar”, disse o porto-riquenho em entrevista a Ellen DeGeneres.

Durante a viagem, o cantor conheceu a prefeita da cidade de San Juan, Carmen Yulin Cruz, que desafiou as autoridades dos Estados Unidos a aumentarem a ajuda cedida ao país. Ela já havia desabafado em momentos anteriores e demonstrado ceticismo sobre a compaixão do presidente norte-americano Donald Trump.

“O governador disse ontem que levar Porto Rico de volta ao que era custará US$ 90 bilhões”, lamentou Ricky. Além de ajudar pessoalmente as equipes voluntárias, ele também criou um site para arrecadar fundos para as vítimas. Até o momento, conseguiu US$ 2,1 milhões. Nesta semana, pegará o avião novamente para continuar os trabalhos por lá. 

(Fonte: Jovem Pan)

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar