ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Pena de Strechar é aumentada pela segunda vez

Admir Strechar, que foi presidente da Câmara de Vereadores de Guarapuava foi condenado agora a 39 anos de prisão por peculato.

24/05/2017

A Justiça determinou nesta terça-feira (23) o aumento da pena do ex-vereador Admir Strechar de 25 para 39 anos de prisão. O ex-político chegou a ser presidente da Câmara Municipal de Guarapuava até que, em 2011, a polícia descobriu um esquema de contratações de funcionários fantasmas na Casa.

Esta é a segunda vez neste ano que a Justiça aumenta a pena de Strechar, que foi condenado inicialmente a 19 anos de prisão. Em janeiro, houve a primeira extensão de pena, para 25 anos.

A decisão foi tomada pelo juiz Ricardo Alexandre Campos, da Vara de Execuções Penais de Guarapuava. Ele levou em conta um pedido do Ministério Público, que pediu o aumento da pena, baseado em novas condenações que a Justiça impôs a Strechar. O ex-político, que segue detido, foi condenado nove vezes, pelo crime de peculato, que é quando um servidor se apropria de dinheiro público, além de estelionato e falsidade ideológica.

O advogado que representa Strechar disse que já protocolou um recurso no Tribunal de Justiça do Paraná, contra a decisão judicial desta terça-feira.

 

G1

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar