ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Desativação da cadeia pública da área central de Guarapuava ganha força com projeto de realocação

Com capacidade para cerca de 300 vagas, o projeto é para que o novo presídio seja construído em um terreno anexo à Penitenciária Industrial de Guarapuava (PIG).

02/05/2017

A Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp) fará em conjunto com a prefeitura de Guarapuava o projeto da nova cadeia pública do município, que hoje fica em região central, na 14ª SDP.

Com capacidade para cerca de 300 vagas, o projeto é para que o novo presídio seja construído em um terreno anexo à Penitenciária Industrial de Guarapuava (PIG), ainda a ser analisado.

Os recursos, segundo Wagner Mesquita, Secretário de Segurança, para a construção do novo presídio, podem vir do Fundo Penitenciário.

Somente em 2016, o Paraná conseguiu do fundo R$ 52 milhões. “Estes recursos já estão comprometidos, mas podemos pleitear outra liberação para 2018”, completou Mesquita. A previsão é que a obra da nova cadeia custe em torno de R$ 15 milhões

 

Assessoria

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar