ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook twitter youtube

Sinal analógico de TV será desligado em São Paulo

A decisão foi confirmada no início da tarde de terça, em reunião da força-­tarefa que realiza a transferência da transmissão para a tecnologia digital.

29/03/2017

Perto da meia­noite, na virada desta quarta (29) para quinta­feira, o sinal analógico da TV aberta deverá ser desligado na região metropolitana de São Paulo, o maior mercado brasileiro de televisão. A decisão foi confirmada no início da tarde de terça, em reunião da força-­tarefa que realiza a transferência da transmissão para a tecnologia digital. Segundo pesquisa encomendada ao Ibope Inteligência, foi atingido o patamar que permite o desligamento. Dos sete milhões de domicílios com televisor na região, 95% estão preparados e não ficarão sem sinal na mudança. Eles serão beneficiados com a descoberta ou redescoberta de um pacote de TV gratuita em seus televisores: segundo a organização criada para implementar a mudança, chamada Seja Digital, são 44 canais na região metropolitana de São Paulo.

Foi esse também o maior impacto percebido em Brasília, quando da mudança realizada na região, há cinco meses. Com tantos canais gratuitos com recepção de qualidade, parte dos usuários deixou para trás a TV por assinatura. Comparando a audiência de quatro semanas antes e quatro semanas depois do fim do sinal analógico na capital, em dados do Ibope fornecidos pela Rede Globo, a audiência domiciliar da programação de TV paga caiu 6% (de 7h a 24h). 

Em parte, foram os números de Brasília que estimularam SBT e Record a pressionar Net, Sky e outras operadoras a pagar para manter os canais em seus serviços de TV paga o que resultou na escalada de ameaças de ambas as partes, até o desligamento de hoje. A TV por assinatura, com eventuais soluços de recuperação, está em queda no país desde 2014. Em fevereiro, perdeu mais 95 mil assinantes. Além da redução no poder de compra do brasileiro, a crise é creditada a serviços de vídeo pela internet como a Netflix.

Além do impacto sobre a TV paga, o fim do sinal analógico em Brasília trouxe mudanças na audiência das principais emissoras brasileiras, que poderão se repetir agora em São Paulo. Record e Band registraram saltos no Ibope. Comparando um mês antes e um mês depois do desligamento, a Record cresceu 9%, e a Band, 33% (entre 7h e 24h). A Globo marcou ­1%.


A mudança para o sinal digital tem também como propósito liberar algumas faixas hoje usadas por TVs para, por exemplo, permitir a migração das rádios AM para FM. Haverá ainda a melhoria da cobertura da internet móvel 4G. Até o fim do ano, em São Paulo, a mudança deve ampliar o alcance dos celulares na periferia e dentro das casas.


O que é preciso para receber o sinal digital

Se você tem um televisor de tela plana comprado a partir de 2010, já tem acesso digital - tudo o que precisa é fazer a conexão com antena própria ou coletiva. Caso você tem um televisor de tela plana comprado antes de 2010, deve verificar se o aparelho veio com conversor integrado. Caso não tenha vindo, precisa adquirir o conversor separadamente.

Se você tem televisor de tubo, também precisa de conversor. O aparelho em centros de varejo como a r. Santa Ifigênia (região central de São Paulo) sai por cerca de R$ 100. Os beneficiários de programas sociais federais, como Bolsa Família, podem se inscrever no site e receber o equipamento de graça

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar