ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Irati: REFIS 2017 é alternativa para contribuintes em débito

Pagamentos à vista terão 90% de desconto sobre os juros e multa. Para adesão ao programa é necessário o pagamento da primeira parcela no ato da adesão.

03/03/2017

Desde o dia 1º de março está em funcionamento o Programa de Recuperação Fiscal da Prefeitura de Irati, o REFIS 2017. O programa é uma alternativa para que contribuintes que estejam em débito com o município tenham oportunidade de quitar seus tributos, com descontos que vão de 50% a 90% sobre juros e multas.
Pagamentos à vista terão 90% de desconto sobre os juros e multa. Pagamentos em duas parcelas mensais e consecutivas ganham 70% de desconto sobre os juros e multas, e pagamentos em três parcelas mensais e consecutivas terão desconto de 50% nos mesmo quesitos.

Estão enquadrados no REFIS débitos em dívida ativa, vencidos até 31 de dezembro de 2016. Para adesão ao programa é necessário o pagamento da primeira parcela no ato da adesão.
O compromisso com o desenvolvimento de Irati é de todos nós. Pagando os tributos, estamos contribuindo para a realização de ações que vão melhorar a vida de nossos cidadãos e reverterão em crescimento do município, dando condições para que a prefeitura invista em obras, saúde, educação e área social.
Informe-se sobre a melhor maneira de ficar em dia com os encargos municipais e como aderir ao REFIS através dos telefones 3907 3027, 3907 3331 e 3907 3028.

Irati tem mais de R$ 10 milhões em débitos a receber; com acréscimos total ultrapassa R$ 24 milhões
Somando-se os débitos em dívida ativa e em juízo, a Prefeitura de Irati tem a receber R$ 10.180.018,00. Se em todos os casos de encargos em atraso para com o município fossem computados os valores de juros, multa e correção, o montante mais que dobraria: R$ 24.532.278,05.

Na dívida ativa, Irati tem a receber R$ 7.329.390,54, em valor principal onde não são mensurados os acréscimos. No caso dos débitos cuja situação legal está em juízo, o total principal é de R$ 2.850.628,06. Em ambos os casos, os impostos que verificam maior incidência de inadimplência são IPTU e ISS. Mas há débitos a receber também em ITBI, Contribuição de Melhorias, taxas, COSIP e outras receitas não tributáveis.

 

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar