ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook twitter youtube

Justiça recebe mais uma denúncia do esquema de fura-fila do SUS em Guarapuava

Denunciados viraram réus no processo.

22/02/2017

A denúncia do Ministério Público afirma que a ex-diretora do CISGAP, Márcia de Brito, excluiu dados corretos e incluiu dados falsos no sistema que gerencia as filas de espera e fez isso com a finalidade de obter vantagem indevida para um paciente. De acordo com o Ministério Público a fraude foi feita a pedido do ex-presidente da Câmara Edony Kluber e do ex-diretor de gestão legislativa, Amauri Opuchkevitch.  Em matéria veiculada na RPC (clique aqui e assista na íntegra) os três viraram réus no processo, juntamente com o paciente que foi beneficiado.

 

RPC TV

Comentários